terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Irreverência, criatividade e talento marcam o Festival Bacabalense de Música Carnavalesca


A edição 2016 do Festival Bacabalense de Música Carnavalesca, realizado pela Prefeitura de Bacabal, através da Secretaria Municipal de Cultura (Semuc), no último sábado, 30 de Janeiro, chamou a atenção pela criatividade dos compositores, a irreverência dos intérpretes e o talento dos músicos que acompanharam os concorrentes.

Ao todo foram 15 músicas classificadas para a grande final na Praça do Bolo, que ficou pequena para a plateia presente, composta por torcidas organizadas, blocos e foliões fantasiados, que vibravam a cada música interpretada. A Secretária de Cultura, Cristina Miranda, afirmou que está satisfeita “pois o evento foi mais uma meta cumprida no Plano Municipal de Cultura”.

Na primeira colocação ficou a música Controlando a Cabeça, de Maurivam Estrela. A segunda colocada foi Mosquito Traiçoeiro, de Erinaldo Almeida.  A terceira colocação coube à música Computador, de Assis Viola.

Na categoria Melhor Intérprete a escolhida foi a cantora Mayra Gomes, que defendeu a música pulsação, de Tânia Tomaz. O Júri popular, composto por todo o público presente, escolheu a música Olha o ladrão aí como a mais interessante da noite. Segue abaixo a pontuação dada pelo júri técnico para as músicas campeãs.

1º LUGAR – Controlando a Cabeça: 228,5 pontos, compositor Maurivan Estrela, Intérprete Masa Pagodinho.
2º LUGAR – Mosquito Traiçoeiro: 222,5 pontos, composição e interpretação de Erinaldo Almeida.
3º LUGAR – Computador: 220 pontos, composição e interpretação de Assis Viola.
MELHOR INTÉRPRETE – Mayra Gomes, música Pulsação, de Tania Tomaz.
JÚRI POPULAR - Olha o Ladrão Aí,  Música de Durvânio Cosmo.

Da Assecom - prefeitura Bacabal
Com redação de Zezinho Casanova

Nenhum comentário:

Postar um comentário