segunda-feira, 11 de julho de 2016

Prefeitura de Bacabal firma parceria com APAC e garante recursos para a ressocialização de apenados e recuperação de dependentes químicos

PADRE LAURO E ALTA CÚPULA DO GOVERNO MUNICIPAL DE BACABAL

APAC - Associação de Proteção e Assistência aos condenados é uma entidade civil de Direito Privado, com personalidade jurídica própria, dedicada à recuperação e reintegração social dos condenados a penas privativas de liberdade.

O trabalho da APAC dispõe de um método de valorização humana, baseado em 12 elementos, vinculada à evangelização, para oferecer ao condenado condições de se recuperar.

Opera como entidade auxiliar dos Poderes Judiciário e Executivo, respectivamente na execução penal e na administração do cumprimento das penas privativas de liberdade nos regimes fechado, semiaberto e aberto.

Outro destaque refere-se á municipalização da execução penal.
O condenado cumpre a sua pena em presídio de pequeno porte, com capacidade média de 100 a 180 recuperandos, dando preferência para que o preso permaneça na sua terra natal ou onde reside sua família.

Em Bacabal a Prefeitura Municipal firmou convênio com a entidade garantindo a liberação de recursos para a reforma e adaptação do prédio onde os internos ficarão.

PREFEITO DE BACABAL ZÉ ALBERTO E PADRE LAURO.
Inicialmente cerca de 30 apenados e dependentes químicos serão atendidos pela APAC com a ajuda do Poder Público Municipal e Governo do Estado que ficará responsável pelo aluguel do prédio, fornecimento de energia elétrica, água e funcionários.  
O convênio foi firmado entre o Prefeito Zé Alberto e o Presidente da APAC/Bacabal Padre Lauro após ser aprovado por unanimidade na Câmara Municipal.
Para O padre Lauro o apoio do Governo Municipal é imprescindível no processo de recuperação dos apenados e dependentes químicos.

“ A medida que o poder publico municipal contribui para viabilização desse programa, ele não só contribui para o apenado, mas com toda a sua família, sem ajuda do município fica muito mais difícil atingirmos nossos objetivos” Frisou Padre Lauro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário