sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Educação de Bacabal atinge quase 5 pontos no IDEB e fica entre as melhores do País


Restando pouco mais de três meses para concluir o mandato, o Governo de Zé Alberto Veloso deixa um legado que trará enormes benefícios para s futuras gerações e coloca o município de Bacabal em destaque no cenário nacional.

Isto porque o Ministério da Educação divulgou esta semana o IDEB- Índice de Desenvolvimento da Educação Básica que mede a qualidade do ensino em todo o País.

O IDEB foi criado pelo INEP em 2007 para medir a qualidade da educação das crianças e jovens em e estabelecer metas para a melhoria do ensino. O município de Bacabal está em festa. A Rede Municipal de Ensino obteve destaque na Avaliação Nacional ultrapassando metas projetadas apenas para 2019. É o que comprovam as notas recentemente divulgadas pelo MEC. De acordo com o Ministério, a meta projetada para Bacabal era de 4.0, mas a cidade obteve um alcance de 4.8 poucos décimos da média nacional. "Este destaque só foi possível devido ao incansável trabalho em conjunto realizado pela equipe de profissionais da SEMED em parceria com todos os professores, gestores, coordenadores, demais profissionais da Educação Pública Municipal e principalmente pelos alunos. Constantes investimentos através das frequentes formações realizadas pela SEMED a todos os profissionais foi o que contribuíram para que Bacabal hoje, pudesse superar metas projetadas apenas para 2019". Disse o Secretário de Educação, Prof. Carlos Gusmão.

Bacabal conseguiu um destaque considerável, ultrapassando inclusive o IDEB da Capital, São Luís. São dados concretos, com os quais toda a sociedade pode se orgulhar, isso demonstra também a seriedade e compromisso que o Prefeito Municipal Sr. José Alberto Veloso através do Secretário de Educação Prof. Carlos Gusmão tem pela Educação de Bacabal. 

Os investimentos foram altos, os recursos destinados à Educação foram e são aplicados na Educação: merenda escolar de qualidade, formações pedagógicas constantes, valorização dos profissionais, redução da carga horária dos professores de 40h para 20h, significativas melhoras na infraestrutura das escolas, aplicação da Lei do Piso, salários em dia para todos os profissionais, entre outros benefícios. Isso sim é fazer Educação de Qualidade é investir, é valorizar. Pontuar entre as melhores educações do País implicará ao próximo governo uma responsabilidade dobrada com o ensino de Bacabal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário