segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Aliados de Zé Vieira acusam João Alberto de pressionar gerente da Caixa, em Bacabal

Senador maranhense atuou junto ao Superintendente da Caixa no Maranhão, Emilio Murad, para fazer gerente de Bacabal – sob forte ameaça – mudar de opinião em menos de 24h.

A primeira decisão foi no dia 19 (quinta-feira), no dia seguinte, sexta-feira, dia 20, o mesmo gerente mudou de opinião após pressão do PMDB junto a Superintendência Estadual.

Para aliados do prefeito de Bacabal, Zé Vieira (PP), a ordem para o gerente da Caixa Econômica Federal na cidade, Everton de Lima Mourão, voltar atrás da sua própria decisão em menos de 24h, partiu de uma articulação direta do senador João Alberto (PMDB).

Everton autorizou o prefeito ter total acesso às contas municipais no dia 19 (quinta-feira). E mudou de opinião no dia seguinte. A alegação do gerente para mudar de opinião tão rápido e manter as contas bloqueadas, foi que a presidência da Câmara de Vereadores não reconhece a posse de Zé Vieira.

Mas a história não é bem essa! O que de fato fez o gerente mudar de posição de forma relâmpago, foi uma ordem superior: Hierarquicamente, o gerente da Caixa bacabalense é subordinado ao Superintendente Estadual do órgão, Emilio Murad. No Maranhão, esse cargo é da cota do PMDB, assim como outros cargos federais, quem indica os titulares são, exatamente os peemedebistas.

Dessa forma, a pressão do senador João Alberto foi decisiva para a mudança repentina do gerente Everton. Enquanto isso, o povo de Bacabal fica prejudicado…

Nenhum comentário:

Postar um comentário