sábado, 27 de outubro de 2018

Após ter dois irmão presos, e estar recebendo pressão por atraso de pagamentos de servidores, Edvan Brandão já começa a admitir derrota nas urnas.

Resultado de imagem para edvan bacabal



Após ter dois irmão presos, e estar recebendo pressão por atraso de pagamentos de servidores, Edvan Brandão já começa a admitir derrota nas urnas.
Após ter humilhado os funcionários da prefeitura ao longo dos últimos dois meses, obrigando-os a participar de todas as palestras, caminhas e comícios políticos, gerando transtorno e constrangimento aos servidores públicos, o prefeito Edvan Brandão – candidato do grupo Sarney, começou a enfrentar um verdadeiro inferno astral. É lei do retorno, que culminará com a derrota nas urnas.

DESTRUIU O PRÓPRIO DISCURSO:
Edvan vendeu ao longo da campanha a imagem de “santo”, paladino dos bons costumes, e se colocou a cima do bem e do mal. O discurso logo caiu por terra com a compra de carros de luxo, fazendas e casas. Pra completar os dois irmãos de Edvan Brandão foram presos pela PM durante operações de combate a compra de votos e a crimes eleitorais, na região da baixada. Ely Brandão estava com capangas armados até os dentes, e Verinha foi pego com dinheiro comprando votos, e intimidando com tom agressivo de ameaças moradores do povoado Bela Vista.
Edvan representa o grupo Sarney, já derrotado nas urnas, com a reeleição ainda no 1º turno do governador Flávio Dino, e, com a eleição dos senadores Weverton e Eliziane. César Brito além de ser o candidato apoiado por Zé Vieira, eleito em 2016 e golpeado pelo grupo Sarney, é também aliado e amigo do governador Flávio Dino.
Essa comparação de grupos após a eleição do dia 7 foi decisiva para o crescimento estrondoso de César Brito e Florêncio Neto.
Como se tudo não bastasse o senador João Alberto já determinou que sejam retirados documentos da prefeitura, e que não seja pago os funcionários. A ordem é raspar os cofres da prefeitura.

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

VÍDEO BOMBA! Revoltado, Lincoln Lavepel grava vídeo rasgando cartaz de Edvan Brandão, e entrega cargo de sua filha da prefeitura de Bacabal

Na madrugada desta quinta-feira, dia 18, o empresário Lincoln Lavepel, morador da Rua 28 de Julho, postou em sua página do facebook, um vídeo onde demostra sua revolta com o fato de sua filha, funcionária da Prefeitura de Bacabal, ter sido obrigada a colar um cartaz de Edvan Brandão em sua residência, sob pressão psicologica, imposta pelo prefeito, pra ela não perder o emprego.

Inconformado, e com os olhos cheio d'agua, Lincoln rasgou o cartaz, como forma de protesto contra a situação extremamente constrangedora em que sua querida filha havia sido submetida. 

Além disso, o empresário Lincoln Lavepel, que é de familia tradicional anunciou no vídeo que sua filha "não estudou, e se formou, para passar por esse tipo de coisa", e que, ela pediria demissão do cargo.

Essa situação ilegal, desumana e humilhante, tem acontecido em todas as repartições públicas de Bacabal. Os servidores são obrigados a participar de todos os atos de campanha de Edvan Brandão - candidato a prefeito apoiado por João Alberto e Sarney. E recentemente uma desastrosa novidade, nesse show de horrores, surpreedeu a todos: Tem que colar o cartaz do prefeiro nas portas e tem até que tirar foto para comprovar, e, assim, conseguir garantir a permanência no emprego. 

Tudo isso vem causando efeito contrário, e tem gerado uma insatisfação muito grande, e cada vez mais forte. 

Um verdadeiro absurdo e desrespeito aos trabalhadores do nosso municipio.

Veja o VÍDEO:



sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Edvan Brandão e João Alberto dão calote na Igreja Assembléia de Deus; 3 meses que não pagam o aluguel de onde funciona o anexo da creche plim-plim, que é da igreja


O fato de Edvan Brandão ser um homem evangelico não impediu que ele desse um calote na sua própria Igreja. É isso mesmo, Edvan deu um calote na Igreja Assembléia de Deus de Bacabal. Explico: o prédio onde funciona o anexo da escola Plim-Plim, no Antigo Campo de Pouso, é de propriedade da Igreja, que alugou para prefeitura, e nos últimos tres meses não recebeu os valores devidos. O prefeito que cumpre ordens, e é o maior apoiado do clã Sarney não considera nem a Igreja.

"O Edvan já foi cobrado até no pulpito da Igreja, pois a Igreja precisa desse dinheiro para fazer ações sociais de caridade, e ele até hoje nunca fez esse pagamento. Na época de Zé Vieira nunca atrasou", afirmou em entrevista o irmão Eligilson - braço direito do Pastor Raposo da Igreja Assembléia de Deus de Bacabal.

O pastor Raposo estuda a possibilidade de pedir o prédio onde funciona o anexo da Plim-Plim já nos próximos dias, caso o aluguel não seja pago. Se Isso acontecer as crianças que estudam na creche poderão ficar sem aulas.

Além do anexo da Plim-Plim, vários FUNCIONÁRIOS ainda não receberam o mês de SETEMBRO. Inclusive os garis já estão organizando uma greve geral caso o prefeito não pague os salários 

Em tempo: Edvan é o candidato que representa a oligarquia Sarney em Bacabal, e tem total apoio do ex-presidente José Sarney e da ex-governadora Roseana Sarney, além do grupo João Alberto.

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

VÍDEO: Edvan Brandão continua colocando em risco a vida de crianças; dessa vez o transporte irregular foi no carro de Manoel da Concórdia


O vídeo a cima foi gravado na tarde de hoje,  11, próximo a BR-316, na altura da entrada do bairro Alto Bandeirantes. É possivel ver várias crianças sendo transportadas na carroceria de um veiculo L-200 de placa NWU-4700, de propriedade do vereador Manoel da Concórdia. É nítido o risco de vida que corre essas crianças, podendo sofrer algum acidente fatal. Um grande absurdo, que fere o ECA Estatuto da Criança e do Adolecente.

As imagens retratam uma verdadeira falta de responsabilidade e falta de respeito com menores de idade, em plena véspera do dia das crianças. 


Tudo indica que as crianças estavam sendo levadas para um evento politico do prefeito Edvan Brandão, realizado no bairro Frei Solano. Uma cópia desse video será encaminhado ao Conselho Tutelar, e a Promotoria de Justiça, para que o prefeito e o vereador dono do veiculo sejam convidados a prestar esclarecimentos à Justiça.

quarta-feira, 3 de outubro de 2018

PESQUISA TABAJARA! Em 2016, escutec disse que Neto Fortes ganharia a eleição de prefeito em São Luís Gonzaga; Pesquisa foi encomendada pelo Jornal do Sarney

O simples fato da Escutec ter sido contratada por 10 mil reais pelo Jornal de propriedade de José Sarney, já deixa evidente a suspeita da não veracidade do resultado da pesquisa, que teria ouvido 400 pessoas em Bacabal. Porém, além do fato acima citado, a Escutec é campeã em cometer erros. Dizem que o instituto é bem alinhado com o clã Sarney, e o resultado das pesquisas sempre são favoraveis ao grupo do ex-presidente e dono do Jornal.

Em 2016, a Escutec divulgou pesquisa  que Dr Júnior (PDT), aliado de Flávio Dino, perderia a eleição de prefeito de São Luís Gonzaga para Neto Fortes, então aliado de Maria José e do grupo Sarney. O resultado todos sabem!

A PESQUISA MENTIROSA TERIA SIDO CONTRATADA EM 2016 PELO FILHO DA EX-PREFEITA DE SÃO LUÍS GONZAGA, MARIA JOSÉ, O DR EMILIO, ATUAL MANDA CHUVA DA PREFEITURA DE BACABAL.

É meus amigos, pode até não ter dinheiro pra pagar os funcionários, mas ta tendo pra contratar pesquisa tabajara pra tentar enganar o povo.

terça-feira, 2 de outubro de 2018

ESCÂNDALO: Edvan Brandão e Roberto Costa dão calote nas meninas das bandeiras



Por mais incrível que pareça, o titulo dessa matéria é real, e reporta a triste situação vivida na tarde de hoje, 2, em frente o comitê central da campanha do deputado Roberto Costa e do prefeito Edvan Brandão, na avenida Getúlio Vargas, em Bacabal. Uma equipe da TV Mearim foi acionada por mulheres que trabalham de sol a sol, carregando as bandeiras dos candidatos de João Alberto, para denunciar que estão a mais de 15 dias sem receber seus pagamentos. 

Na semana passada um coordenador de campanha teria dito às trabalhadoras que estava esperando cair o recurso da Prefeitura de Bacabal do dia 30, para que os valores fossem repassados para as mulheres. A desculpa para não fazer o pagamento foi "que dia 30 era um domingo". 

Hoje para surpresa de todas, quando foram cobrar o dinheiro foram humilhadas. "Tenham paciência. Vocês estão passando fome é?", perguntou em tom irônico o coordenador geral da campanha Waltersar Carneiro.

O repórter André Luís entrevistou pelo menos cinco mulheres e constatou a revolta pelo atraso dos pagamentos. "Se tão enrolando a gente agora, em plena campanha, imagine se ganharem essa prefeitura. Quero meu dinheiro", disse uma das trabalhadoras, que está sendo feita de escrava por Roberto Costa e Edvan Brandão. Um outra chegou a chorar alegando que havia sido humilhada e até agredida dentro do comitê da oligarquia Sarney em Bacabal. 

O Ministério do Trabalho desse se manifestar a qualquer momento sobre essa triste situação. Uma representação deve ser protocolada nas próximas horas na Justiça Eleitoral para denunciar essa situação de trabalho escravo.

Todos os detalhes, e entrevistas exclusivas no programa Cidade Viva da TV Mearim dessa quarta-feira, 3.